Bate, coração!

by - 10:26


Se de repente um desconhecido lhe oferece um coração, cuidado! Foi apanhado pela equipa Pingamor. O melhor é sorrir e ser feliz




Outlet do Carregado, domingo, 11h20. Um pequeno carro preto, estacionado, recebe um coração de origami, enfeitado com trevos e joaninhas. O dono poderá ler um provérbio árabe: “Deixa o teu coração seguir à tua frente e depois procura alcançá-lo”.

Moselle, Luxemburgo, 19h15. O sol lança ainda os seus raios sobre o coração que repousa no banco de jardim, sob o olhar protector da estátua de Baco. No bilhete que o acompanha, palavras de Balzac: “L’amour n’est pas seulement un sentiment, il est un art aussi”.

Praia do Alvor, Algarve, 21h11. O sol já se pôs. Duas gaivotas olham desconfiadas para o coração de feltro que ficou depositado na barraquita da massagista, com uma legenda de Flaubert “o coração é uma riqueza que não se vende e não se compra. O coração é uma riqueza que se dá”. Este foi o primeiro pingamor deixado no Algarve, mas outros, dezenas, têm sido deixados um pouco por todo o país e também no estrangeiro.


O pingamor MarAzul foi o primeiro semeado em terras algarvias.


A ideia por detrás do projecto Pingamor é desconcertantemente simples: provocar sorrisos nas pessoas que os encontram, numa altura em que a crise, o desemprego e o stress diário nos arrastam num turbilhão de preocupações. O projecto junta seis amigos nesta simpática missão. E muitos mais serão brevemente, a avaliar pelo interesse que o projecto tem suscitado nas redes sociais (as últimas notícias que me chegam, dizem que se vai estender também ao Canadá...). Vamos conhecê-los:

- Liliana Lima (Lisboa, 37 anos) - fundadora de vários projectos ligados à arte de contar histórias.
- Pedro Menezes (Cartaxo, 33 anos) - contador de histórias e fotógrafo amador.
- Isabel Jordão (Portimão, 52 anos) - promotora de leitura na biblioteca de Portimão.
- Catarina Bandeira (Luxemburgo, 38 anos) - consultora informática.
- Manuela Martins (Roterdão, 56 anos) - desempregada do ramo da hotelaria.
- Liliana Castro (Porto, 33 anos) - actriz e cantora.





Cada um cria os seus pingos de amor – as meninas normalmente optam por costurá-los enquanto o Pedro faz origamis de papel – e até os baptiza com um nome, antes de os largar num lugar inesperado e banal, seja num multibanco, no pára-brisas de um carro, na máquina de pagamento de um qualquer parque de estacionamento ou numa esplanada.

Os coraçõezitos carregam uma mensagem que, espera-se, façam outros bater mais forte. O objectivo é “aquecer a alma de um desconhecido… só porque sim”! Esta filosofia de deixar o mundo um pouco mais feliz e colorido, sem querer nada em troca, é desarmante. Estou completamente rendida.


Este pingamor, de seu nome Esperança, ficou num multibanco.
Muito apropriado...



Mas porquê um coração e não uma flor, ou outra coisa qualquer? O Pedro teve a amabilidade de me responder. “A sociedade impele-nos cada vez mais a sermos racionais, a esquecermos o nosso lado sentimental (...) Estamos a entrar num desequilíbrio o que como sabemos, até pela sabedoria dos antigos, não é nada saudável. O coração é o centro para o qual nos temos de voltar, para nos reequilibrarmos de novo. Ele é a chave da vida”.





O projecto Pingamor é o meu presente para vocês, queridos amigos e leitores d’ O Berço,
 no dia em que celebro o meu 6º aniversário de casamento. Love is in the air!





You May Also Like

21 comentários

  1. Oi flor linda,
    Passando p desejar um lindo final de semana e te parabenizar pelo aniversário de casamento.
    Bjin, Simone Viana

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha de projeto esse!!Vale muito pingar amor!!!

    Parabéns pelos 6 anos!!!beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  3. Lindo, lindo, lindo!

    Obrigada por este carinho à nossa equipa de amigos do coração!

    E espero que estes seis anos se multipliquem por muitos mais, sempre com muito amor no coração!

    Beijinhos!

    Catarina

    ResponderEliminar
  4. Nossa, que projeto mais lindo... me emocionei e já estou pensando em fazer alguns corações artesanais, com lindas mensagens, e espalhar pela cidade, de maneira anônima!!
    Obrigada por dividir com a gente essa ideia tão bonita e parabéns aos criadores do projeto.
    Parabéns para vocês, pelo aniversária de casamento... realmente 'love is in the air... forever!
    Agora, sobre as caixinhas...
    Ruthia, minha querida, essas caixinhas são maravilhosas mesmo..fiquei 'viciada'...kkkkk... e o melhor de tudo é que vem com os mimos embalados com todo o carinho, lindos, como presentes!!
    As meninas da Blush Box são muito atenciosas e carinhosas... e dão tratamento personalizado a cada assinante!! vale a pena mesmo, pena que é só para o Brasil!
    bjs e ótimo final de semana

    ResponderEliminar
  5. Minhas queridas, obrigada pelos votos de felicidade, as vossas palavras fazem-me sempre bem!
    Entre vocês está uma das pingamores: a Catarina (Katy). Um aplauso para ela! Bem-hajas por esta missão.
    Adriana, realmente este projecto é a tua cara. Se quiser fazer parte, sugiro que contacte a equipa através do blog (http://pingamorporai.blogspot.pt/).

    Um beijinho para todas (aquece-me o coração sabê-las sempre aqui).
    Bom domingo

    ResponderEliminar
  6. Obrigada, já vou lá ver o blog e 'falar' com eles!! bjs e ótimo domingo

    ResponderEliminar
  7. Adorei a ideia de sair distribuindo corações. Eu o faço através do que escrevo, pois escrevo sob as ordens do coração. Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Morgana, existem muitas formas de "distribuir" amor. Às vezes, basta iluminar as vidas de algumas pessoas à nossa volta...
      Mas o projecto pingamor impressionou-me mesmo, já não há muitas pessoas assim, desinteressadas, no mundo.

      Um abraço

      Eliminar
  8. É no dar que se recebe. Este projecto é Amor em acção!

    ResponderEliminar
  9. Que corações lindos os vossos!!! Belíssimo projecto!
    Beijinhos, boa semana!
    Madalena

    ResponderEliminar
  10. querida Ruthia, tomei a liberdade de copiar o teu texto com o link do teu blog, com algumas alterações, pois vou tornar-me uma pingadora de amor!! espero que não te importes...dese já agradeço-te
    bjs e ótima semana
    tititi da dri
    http://tititidadri.blogspot.com.br/2012/07/coracoes-ao-alto-espalhando-pingos-de.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Dri! Eu bem sabia que esse projecto era a sua cara :)
      Fico tão, tão, feliz.... contribuí para que esta missão se alargasse até ao Brasil.
      Isso foi um presente para mim!
      Beijinho

      Eliminar
  11. Respostas
    1. Olá madeirense, que é feito de ti? Já te fui espreitar o teu cantinho web, estás toda giraça... muitos beijinhos, foi uma surpresa boa ver-te por aqui :)

      Eliminar
  12. Amei essa ideia!!!

    Levar um minuto de alegria já é um ganho imenso no Universo.... Por alguns instantes a pessoa que recebe esquece os problemas ou tristezas e se rende ao coração.... que lindo!!!

    Beijos....
    Ótima semana pra vc!

    ResponderEliminar
  13. Ahhhh, parabéns pelo aniversário!!!
    Love is in the air forever!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um ganho imenso no Universo, sem dúvida Clara! E com algo tão simples...
      Muito obrigada pelos votos, que Deus a ouça.
      Muitos beijinhos

      Eliminar
  14. Que trabalho lindo, adorei os corações, owmmm :D
    Beijos

    lolaporlola.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também achei Té, por isso não resisti a divulgar esse projecto. E veja os comentários, como essa missão emociona toda a gente!
      Beijinhos, boa semana.

      Eliminar
  15. Parabéns pelo aníver de casório!
    Adorei os corações e adorei o projeto!
    Felicidades!
    bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Dani. O tempo passa a correr. De repente... já se passaram 6 anos. Beijinho

      Eliminar

«Viajar torna uma pessoa modesta – vê-se como é pequeno o lugar que ocupamos no mundo.» (Gustave Flaubert)

Obrigada por ler as minhas aventuras e ainda gastar um momento para comentar. A sua presença é muito importante para mim. Um abraço e até breve!