E se eu fosse um livro?

by - 10:35


Se eu fosse um livro, qual seria? Um best seller ultra popular ou um relato intimista? O site Educar e Crescer da Editora Abril propõe o teste e, a partir das respostas a uma dezena de perguntas, determina que livro(s) se parece(m) mais consigo. 

Soube deste jogo pela Jussara Rezende, uma amante das palavras, mineira, escritora e investigadora, que tem um blog que adoro, chamado Minas de Mim. Não deixem de visitar, é realmente bom! 





Bem, e afinal qual foi o resultado? Sim, porque eu nunca resistiria a um teste deste tipo… Toda a gente sabe do meu amor pelos livros. Viram o slogan d’O Berço do Mundo? Um livro leva-nos numa viagem mágica… 

Parece que as obras que mais se parecem comigo são, por esta ordem, “A Paixão segundo GH” da Clarice Lispector (autora de leitura nada fácil) e “Antologia poética”, de Carlos Drummond de Andrade, escrito na década de 60! 

Não sei bem o que pensar deste resultado - sou uma mistura da complexidade da Clarice e da poesia de Drummond? Vamos à apresentação das obras e vocês, amigos, digam-me se estes livros/autores são realmente a minha cara…







"A paixão segundo GH", de Clarice Lispector

Você é daqueles sujeitos profundos. Não que se acham profundos – profundos mesmo. Devido às maquinações constantes da sua cabecinha, ao longo do tempo você acumulou milhões de questionamentos. Hoje, em segundos, você é capaz de reconsiderar toda a sua existência. A visão de um objeto ou uma fala inocente de alguém às vezes desencadeiam viagens dilacerantes aos cantos mais obscuros de sua alma. Em geral, essa tendência introspectiva não faz de você uma pessoa fácil de se conviver. Aliás, você desperta até medo em algumas pessoas. Outras simplesmente não o conseguem entender.
Assim é também "A paixão segundo GH", obra-prima de Clarice Lispector amada-idolatrada por leitores intelectuais e existencialistas, mas, sejamos sinceros, que assusta a maioria. Essa possível repulsa, porém, nunca anulará um milésimo de sua força literária. O mesmo vale para você: agrada a poucos, mas tem uma força única.




"Antologia poética", de Carlos Drummond de Andrade
"O primeiro amor passou / O segundo amor passou / O terceiro amor passou / Mas o coração continua". Estes versos tocam você, pois você também observa a vida poeticamente. E não são só os sentimentos que te inspiram. Pequenas experiências do cotidiano – aquela moça que passa correndo com o buquê de flores, o vizinho que cantarola ao buscar o jornal na porta – emocionam você. Seu olhar é doce, mas também perspicaz.
"Antologia poética" (1962), de Drummond, um dos nossos grandes poetas, também reúne essas qualidades. Seus poemas são singelos e sagazes ao mesmo tempo, provando que não é preciso ser duro para entender as sutilezas do cotidiano.

Gostava que os resultados não se limitassem à Literatura brasileira, mas o site procura promover os autores nacionais, o que é louvável. Se alguém souber de um teste do género para a Literatura mundial, faça a gentileza de mo indicar…


Também querem fazer o teste? Cliquem aqui 
E não se esqueçam de me dizer o resultado!

You May Also Like

30 comentários

  1. Interessante.
    Os teus resultados são muito distintos um do outro.
    Ruthia, minha querida amiga, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Não abriu a pagina do teste depois volto para fazer gostei.

    ResponderEliminar
  3. Ruthia,

    Gosto muito de ler Clarice Lispector, mas tenho que concordar que é uma autora de leitura nada fácil! Uma coisa é ler textos e poemas separadamente, outra, é tentar um livro. Eu tenho um, excelente, mas ao mesmo tempo cansativo devido a maneira que escrevia, abandonei.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Eu já fiz esse teste num outro blog e deu o Drummond tb.Acho que vc combina com essas duas obras pela profundidade de seus textos que leio aqui sempre,só não dá medo na gente,isso não!Mas a escritora inspirada e profunda está aí,com certeza!bjs,

    ResponderEliminar
  5. Ruthia,
    Fui fazer o teste e descobrir o blog que o propõe (obrigada pela dica!).
    Devemos ter algo em comum, pois o resultado foi.. “A Paixão segundo GH” da Clarice Lispector"!
    Muito interessante!
    Beijinho e um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o mais interessante é que o resultado da Jussara também foi esse. As pessoas com afinidades têm o condão de se encontrarem umas às outras, suponho!
      Beijinho

      Eliminar
  6. Antologia poética, de Drummond :)
    Muito interessante o teste!

    ResponderEliminar
  7. Ai, também vou fazer!!!
    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  8. Ui, quem diria:
    Resultado
    "Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis
    Ok, você não é exatamente uma pessoa fácil e otimista, mas muita gente te adora. É possível, aliás, que você marque a história de sua família, de seu bairro... Quem sabe até de sua cidade? Afinal, você consegue ser inteligente e perspicaz, mas nem por isso virar as costas para a popularidade - um talento raro. Claro que esse cinismo ácido que você teima em destilar afasta alguns, e os mais jovens nem sempre conseguem entendê-lo. Mas nada que seu carisma natural e dinamismo não compensem.
    "Memórias póstumas de Brás Cubas" (1881) é considerado o divisor de águas entre os movimentos Romântico e Realista. Uma das expressões da genialidade de Machado de Assis (e de sua refinada ironia), há décadas tem sido leitura obrigatória na maior parte das escolas e costuma agradar aos alunos adolescentes. Já inspirou filme e peças de teatro. É, portanto, um caso de clássico capaz de conquistar leitores variados. Proezas de Machado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bem! E concordo com muitas das conclusões sobre a tua pessoa - "inteligente e perspicaz", "carisma natura", "refinada ironia". Sem dúvida, este teste acerta em algumas :)

      Eliminar
    2. Que interessante esse resultado de M, heim, Ruthia? Ninguém o reportou lá no "minas". Bom encontrá-lo aqui ;)

      Eliminar
    3. Verdade. A Madalena é uma pessoa muito especial, o blog dela (A Panificadora Ribeiro, tem link aqui ao lado, no blogroll) revela um humor muito vivo.

      Eliminar
  9. Regressei de férias faz amanhã uma semana, já!!! O tempo voa.
    Tenho vindo, aos poucos, a visitar os blogs amigos, o que me dá enorme prazer. Não é com a brevidade de que e4u gostaria, mas com a que é possível.

    Acho muito interessante esse tipo de teste, embora as conclusões nem sempre correspondam à realidade.
    Não te conheço há tempo suficiente para ter uma ideia perfeitamente concreta a teu respeito.
    No entanto, à partida, não concordo com a conclusão relativamente a Clarice Lispector, de quem, aliás, gosto imenso, e tenho vários textos gravados.
    Não creio que tenhas acumulado milhões de questionamentos, simplesmente porque és ainda muito nova para isso.
    Também não concordo que sejas uma pessoa de difícil convívio. Pelo menos, até agora, não me apercebi disso:)
    Já no que respeita a Carlos Drummond de Andrade, de quem sou "fã de carteirinha", estou, no todo, de acordo.

    Bom fim de semana.
    Beijinhos
    Link para o meu blog principal
    Mariazita


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Mariazita, por me fazer sentir uma menina. Faço os possíveis para não ser socialmente intragável :) Então acha que eu sou mais Drummond e menos Clarice Lispector. E o seu resultado, qual foi?
      Muitos beijinhos, bom regresso a casa

      Eliminar
  10. Lá fui eu fazer o teste, até porque acho muita graça aos testes deste tipo. Como bem dizes Ruthia, as afinidades juntam-nos. O meu resultado?
    "Antologia poética", de Carlos Drummond de Andrade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que também bate certo. A Guida é pura poesia, delicadeza e ternura...
      Beijinho, querida

      Eliminar
  11. Fiz, finalmente o quiz. Calhou-me também em primeiro lugar o "A paixão segundo GH", de Clarice Lispector. Que acho que realmente tem tudo a ver comigo. Já o segundo... não sei bem... o segundo livro foi "Doidas e santas", de Martha Medeiros.

    "Moderninha e solteira, ou radiante de véu e grinalda? Eis a questão da jovem (ou nem tão jovem) mulher profissional, cosmopolita e, apesar de tudo, muito romântica. Eis a sua questão! Confesse: quantas horas semanais você gasta conversando sobre encontros e desencontros sentimentais com as suas amigas? Aliás, conversando não. Analisando, destrinchando... Mas isso não quer dizer que você só questione a existência de príncipe encantado, não. A vida adulta hoje não está fácil para ninguém, como bem mostram as 100 crônicas de "Doidas e Santas" (2008), que retratam os sabores e dissabores da vida sentimental e prática nas grandes cidades. "

    Confesso que não sei se deva ficar preocupada :p

    Beijocas grandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahaha... não conheço a segunda obra, nem a autora, mas adorei a sinopse. Um pouco bizarro associá-lo a ti, mas sim... tens algo de eterna romântica! Uma parte da Joana acredita em príncipes encantados.
      Estava muito curiosa para saber o teu resultado.

      Eliminar
  12. Olá minha querida, o resultado foi:

    Carlos Drummond de Andrade
    "Antologia poética", de Carlos Drummond de Andrade

    Fiquei surpreendida!

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Dora, até que combina contigo e com a linda família que tens. Eu acho!

      Eliminar
  13. oi garota linda de viver, vou lá conferir
    passando para desejar um ótimo final de semana
    bjs
    tititi da dri

    ResponderEliminar
  14. Combinação perfeita.
    Abraço,
    Toninha
    http://www.educar-oprimeiropasso.com/
    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  15. Ruthia,
    que delícia ficou o seu post com o teste! Agradeço pelos elogios ao "Minas de mim" e ao carinho para comigo. Agrada-me acreditar, consigo, que "as pessoas com afinidades têm o condão de se encontrarem umas às outras". Muito bom tê-la encontrado!
    Adorei saber que é possível encontrar seu livro na Livraria Cultura! Não sabia antes nem ao menos que ele existia, o que é pena, pois ainda esta semana recebi pelo correio três livros que encomendei à Cultura. O seu ficará para a próxima...
    Não divulguei ainda, mas em breve (uns 2 meses + ou -) será publicado um livro meu sobre a obra de Florbela Espanca. Uma tentativa de apontar os valores modernistas de sua obra e retirá-la do gueto dos autores "neo-românticos e pós-simbolistas que não participaram da revolução modernista, etc, etc". Dedico-o "aos meus amigos portugueses, aos amigos sempre amigos e aos amores de toda a vida". Será minha segunda publicação solo. A primeira foi uma edição de autor com poemas que reuni ao longo da vida, o Minas de mim (livro).
    Abraço e um lindo fim de semana!
    Jussara - minasdemim.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jussara, partilho desse sentimento... se o blog vale a pena, em grande parte é pelas pessoas maravilhosas que conhecemos neste mundo virtual da blogosfera.
      Fico a aguardar a publicação do seu livro sobre a Florbela Espanca, espero conseguir comprá-lo aqui em Portugal. E estão por aqui mais amigos (sobretudo a Joana) admiradores dessa poetisa que vão adorar a sua obra...
      Beijinho

      Eliminar
  16. http://educarparacrescer.abril.com.br/leitura/testes/livro-nacional.shtml?perg=10 o meu resultado... gostei! :P

    ResponderEliminar
  17. Amiga, fiz o teste e o meu deu o Alquimista de Paulo Coelho :)
    http://educarparacrescer.abril.com.br/leitura/testes/livro-nacional.shtml?perg=10

    Achei o resultado super bacana, é tem um pouco de mim sim hihi!!!

    Beijos Té
    bloglola.com.br

    Instagram: stephanieparizi

    ResponderEliminar
  18. Ruthia,
    Senti curiosidade, fiz o teste e... deu Clarice. :)

    Beijo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está confirmada a minha teoria. O cosmos tem como "juntar" acidentalmente pessoas com afinidades entre si... :)
      Abraço

      Eliminar
  19. Fiz o teste e seria o Carlos Drumond de Andrade.
    Bju
    Toninha
    http://www.educar-oprimeiropasso.com/
    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  20. Oi!
    Fiz o teste e deu...Carmem...de Ruy Castro.
    Adorei!
    beijos!

    ResponderEliminar

«Viajar torna uma pessoa modesta – vê-se como é pequeno o lugar que ocupamos no mundo.» (Gustave Flaubert)

Obrigada por ler as minhas aventuras e ainda gastar um momento para comentar. A sua presença é muito importante para mim. Um abraço e até breve!