Comer como um inglês

by - 15:41




Nós temos o bacalhau, os espanhóis a paella, os italianos a pasta e os indianos o curry. E os ingleses?  A capital britânica é um melting pot tal, que encontramos comida de todos o lado, com especial destaque para a gastronomia asiática. Londres é um lugar fantástico para provar sabores de todo o mundo.
Nós também almoçamos pelo Chinatown, surpreendemo-nos com o cuppacha (uma espécie de bubble tea) numa das ruelas que intercalam lojas de bugigangas, restaurantes chineses e roulotes com baozis.
Mas hoje propomos um dia tipicamente inglês, começando com esse pequeno-almoço reservado para os dias especiais, capaz de manter um soldado um dia inteiro.  O pequeno explorador não torceu o nariz ao tradicional English Breakfast, com ovos mexidos e bacon, cogumelos e tomate assado, salsichas e feijão. Bem, o feijão ficou meio esquecido no prato: não somos particularmente fãs do sabor adocicado.

Um lugar simpático para provar um tradicional fish and chips.
As sobremesas inglesas não são particularmente doces.
Mas há sempre o Harrods para arruinar a linha...


Depois de palmilhar uns quilómetros, afinal há barriga para almoçar e (oops!), vamos a um clichet sem remédio: fish and chips

Começou por ser servido nas ruas ao proletariado, embrulhado em jornal mas... tornou-se de tal forma popular, que hoje é uma das comidas mais típicas, embora não brilhe pela originalidade. Trata-se tão só de peixe panado, temperado com sal e vinagre de malte, acompanhado de batatas fritas grossas, limão e (às vezes) ervilhas cozidas.

O prato custa em média sete libras mas, bem em frente à Torre de Londres, há um pequeno pub que inclui a bebida nesse preço, a quem apresentar o bilhete de entrada na Torre. Outra opção típica poderá ser o bangers and mash que, traduzido, não é nada sedutor: salsichas com puré de batata, cebola e molho. A cozinha inglesa é meio pesada, inclui bastantes carnes, batatas e legumes... suponho que seja ideal para um país frio, chuvoso e cinzento.
A meio da tarde, nova pausa, para um afternoon tea: Twinings com umas gotas de leite para mim, sumo de laranja para o Pedrinho que, como já vos contei, detesta chá. Os acompanhamentos, esses, são de todo tradicionais: pequenas sanduíches com queijo creme e pepino, bolinhos variados, scones com creme de manteiga ou geleia (recordem o nosso vintage afternoon tea aqui).

No Sandwich Centre, comemos uma deliciosa e nada londrina lasanha de frango.
Scones para o chá

A bem da verdade, a rústica comida de Londres não é propriamente imperdível. Mas se a fome apertar, podemos sempre procurar a D. Alice, no número 16 do Royal Opera Arcade (a 2 minutos de Piccadilly Circus) e provar uma lasanha de frango, acompanhada com salada, água do Luso e um expresso decente. Vinda da Madeira há mais de 30 anos, a simpática senhora está no Sandwich Centre há mais de 20, fechando-o apenas no Natal, para não perder o fogo de artifício do Funchal. 
E vocês, o que já comeram por lá? Contem-me as vossas aventuras gastronómicas.

You May Also Like

18 comentários

  1. me deixastes com água na boca e pronta para te convidar - e ao Pedrinho tb - venham comer o meu feijão!!! Certamente vocês nunca mais irão querer provar outro!! (mas que exibida esta tua amiga, heim??) Sabe, a comida - purê de bata, salsicha, cebola e molho - aqui até que é bem comum... acho que tem a ver com o lado alemão... se bem que minha mãe tem descendência inglesa... bjs desejando excelente semana, com muitas alegrias!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos fãs de feijão de uma maneira geral. Aliás, o Pedrinho pede-me frequentemente para fazer feijão preto. Mas adocicado.... não obrigada :)
      Beijinhos, uma linda semana

      Eliminar
  2. Oi, Ruthia, como está? Voltei!
    Por lá eu nunca fui, mas sei das comidas pesadas, principalmente café da manhã bem gorduroso. Não sei se me acostumaria com tal, mas como gosto muito de comer, acho que não teria problemas em questão de dias.
    Por aqui o bom prato arroz com feijão, bife, batata frita e salada predomina em quase todo o país. Tem os pratos típicos, como a feijoada, vaca atolada, pão de queijo e tantos outros.
    Hmmmmmm.... amo comer!
    Beijos, uma excelente semana pra vcs!

    ResponderEliminar
  3. Ruthia! Viva D. Alice! Acho que eu morreria com estas comidas deles. Gosto de comida com jeito caseiro, embora no meu dia a dia só coma saladas e alguns grelhados. Não sou chegada a arroz, massas... etc.... ah, muito menos frituras. Claro, amo batatas fritas, mas nada disso diariamente. Pelo que vejo nos ingleses, não sei se estou errada, eles parecem elegantes, não gordos como os americanos. Então, com certeza, não comem estas coisas todos os dias. Se comem, qual seria o segredo?! rssss....

    Adorei as dicas.

    ps.: Pequeno Explorador, vc é um santo em comer aquele "pratinho" logo no Breakfast! eu tambem deixaria os feijoes de lado ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não comem disto todos os dias. O english breakfast é reservado para datas especiais e, ao almoço, a maioria dos londrinos compra umas sandes (algumas até têm salada, tomate, etc) e comem na rua mesmo. Tanto turista como gente engravatada come num jardim, numa esplanada, em qq sítio. Achei isso bem interessante

      P.S. eu também adoro uma salada e como pouca carne. Mas um dia não são dias

      Eliminar
  4. Como eu nunca estive em Londres, nada tenho para contar.
    Corajoso o pequeno explorador. Eu não conseguia comer aquele "pratinho" nem ao almoço, quanto mais ao pequeno -almoço.
    Um abraço e uma óptima semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, Elvira, depois de vários dias a palmilhar tanto, comeu como um adulto, hehe. Um dia não são dias, mas acho importante ele pelo menos experimentar as comidas dos lugares que visitamos.
      As férias foram boas?
      Beijinho

      Eliminar
  5. Ruthia, que bela a foto de seu filhote, diante desse pratinho!!! (rss) Confesso que não sou de experimentar comidas diferentes, pois sou adepta do arroz com feijão, bem caipira. Estou certa de que correria atrás de D.Alice! Pelo que nos mostrou, a culinária inglesa não me agradaria (rss). Bjs.

    ResponderEliminar
  6. eh eh o resultado tu j´vistes, ano passado, eu tinha feito aplicação no final de agosto, um pouco antes da viagem, para chegar na Europa com a 'cara lisinha'.... Guria, aplico o Botox já tem mais de 10 anos, e faço pelo menos uma aplicação por ano. Hoje começo outro tratamento (acho que é chamado de carboxiterapia, não tenho certeza) que vai definir a linha de contorno do rosto e diminuir as marcas laterais a boca - que chamamos boca de ventríloquo - serão 5 aplicações, com 14 dias de espaço entre uma e outra... depois te conto como ficou! bjs amiga

    ResponderEliminar
  7. Seu blog é uma verdadeira fonte de informações. Cada vez que venho aqui tomo um banho de cultura! Obrigada por compartilhar conosco!

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. O que eu gosto mesmo é de um bom pequeno almoço inglês.
    O resto...
    Mais um magnífico post, gostei imenso.
    Ruthia, tenha um bom resto de semana.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.
    Obrigada querida pela presença amável!
    maravilhosa postagem, amei!!!!

    Beijos Marie.

    ResponderEliminar
  10. De uns tempos pra cá tenho preparado meu próprio almoço e isso levou-me ao esmero no preparo de saladas simples com alface, tomate, cebola e acréscimos variados como: cenoura, vagem, jiló, algum eventual queijo, azeitonas, cebolinha, salsinha e por aí vai.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  11. OI RUTHIA!
    NÃO CONHEÇO A GASTRONOMIA INGLESA E PELO QUE MOSTRASTE NÃO SERIA DE MEU AGRADO MESMO. O PEDRINHO ESTÁ LINDÃO AI NA FRENTE DESTE PRATO E PELO QUE FALASTE, COMEU, MAS ACHO QUE SÓ PELA FOME DEPOIS DE TANTO PASSEAR.
    GOSTEI DE TEU POST E DAS FOTOS COM AS QUAIS ILUSTRAS TÃO BEM TEUS TEXTOS.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  12. A cozinha inglesa (!) não é nada sedutora, principalmente para os adeptos da cozinha mediterrânica. Mas Londres tem a vantagem de albergar sabores de todo o mundo.
    (Espero que esteja a ser um bom Verão)

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  13. Que delícia quem sabe um dia consigo ir ai e comer hummm
    ..

    ResponderEliminar

«Viajar torna uma pessoa modesta – vê-se como é pequeno o lugar que ocupamos no mundo.» (Gustave Flaubert)

Obrigada por ler as minhas aventuras e ainda gastar um momento para comentar. A sua presença é muito importante para mim. Um abraço e até breve!