O pequeno explorador em Marrocos




Já mencionei aqui n’O Berço em várias ocasiões (por ex. aqui) porquê que o Pedro me acompanha desde tenra idade nas minhas deambulações. Ainda que lhe tenha levantado apenas um pouco do véu da diversidade deste mundo, ele já encara a diferença com naturalidade. E é muito curioso em relação aos outros

Em Marrocos, o Pedro ouviu pela primeira vez o árabe, lá ensaiou os seus shukrans, experimentou couscous e tajine (ainda não ficou fã) e andou de camelo. 

Destes animais, o pequeno explorador diz que têm pestanas de menina - "ainda maiores dos que as da mamã" - e cheiram mal. O odor não impediu, no entanto, que lhes fizesse festas ou que desfrutasse do seu primeiro passeio de camelo. 



O couscous ainda não seduziu o Pedro. Depois do jantar, tivemos que passar
no  buffet para compor a refeição com umas fatias de pizza..
.


Bem, para ser zoologicamente exacta, foi um passeio de dromedário, uma vez que só tinha uma bossa... mas isso pouco importa. O animal colaborou: não nos cuspiu ou blaterou de forma agressiva. E olhem que já "conheci" alguns camelos muito mal-educados

Mas o melhor de tudo foi ver o Pedrinho a tentar comunicar com os meninos marroquinos, mesmo sem saber árabe ou francês. Falou através de risos e gestos e, com um pouco de ajuda dos pais, passou horas a jogar à bola com eles. Se ao menos os adultos aprendessem com este exemplo. O mundo seria um lugar melhor para se viver!



Estas e outras imagens de Marrocos estão disponíveis 
na página d'O Berço do Mundo no facebook (aqui).



Etiquetas: , , , , , ,